sábado, 25 de setembro de 2010

15 kms de Benavente (19/09/2010)

Após uma pequena ausência motivada por questôes técnicas estou de volta.

Para que fique registado, como faço aliás com todas as competições onde entro, embora com algum atraso, aqui ficam algumas palavras acerca da Corrida dos 15 kms de Benavente no passado dia 19 de Setembro em que participei.
O objectivo era "meter" kms e se possível alguma velocidade aproveitando o traçado da prova que nos oferecia algumas dificuldades com subidas não muito difíceis mas com uma constante de assinalar.
Se o primeiro desejo foi conseguido (mais kms) o segundo ficou muito "pobre", 1,24h para 15 kms não se pode dizer que fiquei satisfeito, no entanto também é verdade que fiz a prova sempre muito confortável sem necessidade de recorrer a um esforço demasiado que me prejudicasse, aliás, essa sempre foi a minha preocupação durante a corrida uma vez que as grandes competições vêm aí e eu não podia esquecer isso.
É verdade que levei umas banhadas bem grandes de alguns amigos e aquela que o Luís Mota refere dos tais 2-1 foi fatal e ainda por cima em 8 minutos, mas o Alqueva, já dia 3 de Outubro, é o local ideal para repôr alguma ordem nisto, eheheh.
Estes 15 kms de Benavente é uma prova em que gosto muito de participar, felizmente esta prova atrasou uma semana de S. João das Lampas pois há uns anos era sempre no dia a seguir, assim podemos ter alguns dias de recuperação pois trata-se de uma competição que é feita sempre com muita competência e onde nunca falta o apoio inescedível aos atletas que nela participam, ou não fosse realizada com pessoas profundamente conhecedoras do Atletismo que por cá se vai fazendo.
Muito calor que afectou todos os participantes, o próprio alcatrão também deu uma ajuda à canícola, mas os abastecimentos postos à nossa disposição estavam em locais pré-defenidos e todos poderam fazer a gestão do seu esforço tendo em conta as suas próprias necessidades.
Pena mesmo foi a divulgação dos resultados finais que não condiziam a "bota com a perdigota", principalmente nos escalões dos veteranos e também nos tempos finais atribuídos à maioria dos atletas, a mim foi-me atribuído menos 2 minutos, e a outros foi muito mais. Compreendo a contenção da despeza, a não utilização de chip provoca naturalmente estes inconvenientes, mas a organização conta com a mina compreensão para estas pequenas anomalias e poderão continuar a contar com a minha presença no próximo Ano.
Segue-se agora um bom treino amanhã no Parque das Nações durante a "Meia Maratona do Parque Expo" aproveitando para ir vendo também todos aqueles que optaram em participar.
Por mim tenho muita pena de não ir, mas quando aquilo for de facto a Corrida da Ponte Vasco da Gama então eu estarei lá na partida. (ainda não me explicaram porque é que a partida da prova não é feita junto ás portagens do lado de lá do Tejo e agora evitavam de estar a fazer duas partidas para que os resultados possam ser homologados).

E o Alqueva (34kms) já está aí muito perto.

4 comentários:

José Xavier disse...

Caro Joaquim Adelino;

Já tinha notado a sua ausência por aqui! Mas as paragens técnicas por vezes são necessárias!

Boa prova e boas criticas construtivas e frontais.

Um abraço e boa prova no Alqueva.
dos Xavier's

Mário Lima disse...

Olá Joaquim

Uma prova que de tantos anos a fazê-la até de olhos fechados se vira e se refresca nos sítios certos.

:)

Alqueva vai repôr a verdade dos factos pois nesse "mundo" estás como peixe na água, tens força e resistência para isso, eu sou um peso-pluma nos trilhos. Mas vou-te dar luta.

:))

O teu video de chegada está no meu tema.

Abraços e até Alqueva.

João Paulo Meixedo disse...

Passei mesmo só para lhe deixar um abraço e dizer que no dia 6 nos encontraremos seguramente, porque vou passar o dia na Expo Maratona.
Aquele abraço, então.

Vitor Veloso disse...

Estar de volta e o mais importante.
Benavente esteve nos planos, pró ano não faltarei!
Obrigado pelo incentivo em Santa Apolónia no domingo, não estava espera de o ver por ali a “treinar”.
Ate Domingo em Alqueva/Portel.
Abraço