terça-feira, 9 de junho de 2009

Corrida do Oriente, Parque das Nações

Pois é, a corrida do Oriente no Parque das Nações em Lisboa no passado dia 7 de Junho deu-me a conhecer uma nova realidade, estou preparado para correr distâncias longas (superior a 20kms) e não estou em condições para distâncias de 10 kms. Parece estranho mas é verdade, estou sem ritmo, as pernas pedem mais mas o organismo não acompanha. Aos 5kms até ia bem (22,30m) mas rapidamente tive frear o ritmo porque estava difícil coordenar o ritmo e o esforço senão corria o risco de entrar em âncias e as coisas complicavam-se, (já bastou a experiência vivida na parte final da Meia Maratona da Areia no dia 24/5 passado.
A explicação para isto talvez seja fácil de encontrar, penso eu. Os treinos que tenho efectuado, principalmente os longos (dia 2/6 - 35kms, dia 5/6 - 21kms) e todos os outros anteriores foram sempre feitos à média de 6m o km e sem nunca ter feito qualquer treino específico que activasse um andamente mais rápido como naturalmente o bom senso até impõe. Naturalmente que a minha corrida na prova do Oriente só poderia dar naquilo, andar a 4,30m ao km como pretendia era uma teimosia mas rapidamente percebi que nem tudo o que parece é, e assim reduzindo um pouco consegui suavizar a minha média da corrida até ao final para os 4,45m tendo concluído com o tempo não oficial de 47,40m. Tendo sido cronometrado pela organização com 48.09m.
Creio ter sido um bom teste, aprendemos sempre um pouco a cada prova que vamos fazendo, surpreendeu-me a rápida recuperação que tive no final da prova, sinal de que a minha condição física actual se aproxima do ideal para enfrentar o "tal" desafio.
Mas já chega de falar de mim, pois provavelmente já me estou a tornar chato e aborrecido.
A prova em si esteve impecável mas existem 3 reparos que a boa vontade dos organizadores pode, se assim o entenderem, melhorar.
O 1º diz respeito à zona de partida, não percebo porque se insiste em dar a partida em plena Rotunda e numa faixa muito estreita onde se encaixam mais de 1500 atletas, só para dar um exemplo, a frente estava 5 metros para além da linha de partida e eu estava a cerca de 15 metros antes da mesma linha e levei 29 segundos para conseguir lá chegar após o tiro de partida, e o que é mais estranho é que não existe ali nenhum controlo de chip no arranque da corrida. Estou convicto que mais atrás ou à frente haverá melhor local que permita uma melhor fluidez aos atletas evitando desta forma algum stress provocado e possíveis acidentes devido ao elevado aglomerado de pessoas em tão pouco espaço de tempo.
O 2º reparo tem a ver com o percurso da corrida que atravessa uma percentagem elevada de estrada com paralelos de pedra levando a que a maior parte dos atletas optasse por correr pelos passeios sujeitando-se aos riscos inerentes a tal opção, (árvores e bocas de incêndios, passeantes e outros obstáculos). Creio que bastava fazer o retorno da corrida pela mesma Avenida Central do Parque que utilizámos na ida e facilmente se resolveria o problema, se outro impedimento não ouvesse.
A 3ª questão tem a ver com a eternidade e morosidade da distribuição dos prémios e aquela aberração dos sorteios finais de coisa quase nenhuma. Seria preferível que os eventuais prémios a sortear fossem colocados aleatoriamente nos sacos destribuídos aos atletas no final da sua corrida. Evitava-se também aquela aberração dos prémios sorteados até à terceira chamada ficarem por atribuir, lamentável.
Desta vez conseguimos reunir todo grupo familiar e todos se portaram muito bem e como sempre e também habitual, fui eu que fechei a porta.
Vem aí a Rampa do Moinho já amanhã dia 10 de Junho, Feriado e dia de Portugal.
As fótos são da autoria da A.M.M.A.

14 comentários:

Fábio Pio Dias disse...

Olá Joaquim!

Têm toda a razão nos reparos, que faz a organização,são pequenos pormenores, mas de elevada importância(deiu óptimas sugestões), a partida apertada "afunilada", o correr no passeio e no meio de bocas de incêndio, quanto a entrega das lembranças e sorteio penso que é mais alguma maneira de trazer convívio, mas eu raramente fico, até porque nunca me saí nada ehheeheheh!

Felicito também a toda família que fizeram uma boa prova.

Abraço e continuação de bons treinos para a ultra maratona.

Mário Lima disse...

Adelino

Ias um pouco à minha frente quando tive o problema no gémeo. Ias tu, a seguir o Vitor e logo atrás eu.

Reparei que ias em bom andamento e pelo relógio verifiquei que ias a menos de 5'.

Depois vi as fotos da tua chegada e notei o tremendo esforço que tinhas feito, pelo teu rosto e pela posição do corpo.

Penso que está na hora de começares a pensar mais em ti e dar mais tempo de descanso.

Amanhã terás mais uma prova do Concelho. Felizmente a Rampa do Moinho já não é como no passado que tínhamos que subir até ao moinho. Mas não deixa de ser mais uma prova com subidas e descidas e sei que mais uma vez vais dar o melhor de ti.

E neste acumular constante de provas e desgaste vai se aproximando o dia do Trail. Sei que vais conseguir fazê-lo e ainda falta a milha urbana da Fonte das Almoínhas para o fim das provas das Colectividades. A partir daí será a rampa final para o teu empreendimento.

Que o consigas pois bem o mereces.

Um abraço!

ana paula pinto disse...

Olá amigo Joaquim

Gostei muito de o ver e também à Susana. Quando me cumprimentou, de longe, não estava a reparar. Era tanta gente...Depois, vi. Claro! O meu amigo Pára!
Muitos parabéns a si e à filhota.
Os reparos à prova são muito pertinentes.

beijinhos e até à próxima

paula

JOSÉ NARCISO disse...

Parabéns Joaquim por mais uma prova realizada com exito!!!
Realmente comprova-se que voçê esta com ritmo para provas longas, ou seja esta preparado para o desafio que voçê tanto espera.
1 abraço
José Narciso

António Almeida disse...

Amigo Joaquim
a "nova realidade" é bom sinal, que a preparação para o "raide" está a ser bem feita.
Quanto ao Oriente fui lá em 2003, 2006 e 2007 e de facto em 2003 a partida era bem mais atrás evitando o afulinamento que refere, quanto aos obstáculos no percurso também são uma realidade visto que como também refere os atletas "fogem" para os passeios, para os sorteios nunca fiquem.
Quanto à animação na zona de partida e chegada costumava e acho que continua ser do melhor que há.
Parabéns aos restantes atletas da família.
Continuação de boas corridas.
Abraço.

Carlos Lopes disse...

Joaquim

Felicito o Texto, muito bom. Em relação aos reparos, assino por baixo, principalmente a 1º.. a largada, com tanto espaço que existe por lá, conseguem por o pessoal, numa gaiola. Em relação a sua prova, para quem anda a fazer tantos kms, tomara eu o conseguir. Abraços

JOSÉ LOPES disse...

Olá Mário

Mais uma boa prova, principamente porque treina para distâncias longas.

Continuação de bons treinos.

Com os cumps
J.Lopes

joaquim adelino disse...

Amigo Fábio
Obrigado pelas palavras de apoio e felicitações.
Abraço

Amigo Mário.
É verdade que que quando vinha a chegar já vinha a queimar os limites, mas recompuz-me rapidamente.
A Rampa do Moinho desta vez vai mesmo lá acima ao moinho passando pela terra batida e descendo pela estrada de alcatrão, vai ser um pouco violento, principalmente a descida.
Abraço.

Amiga Paula.
Gostei muito de voltar a vê-la e conversar um pouco. Os detalhes sobre a prova é apenas para a organização reparar em pormenores que podem ajudar a melhorar esta magnífica competição.
Um Beijinho do Pára.

Amigo Narciso.
Obrigado pela visita, estas provas também contribuem para melhorar um pouco o ritmo, já que nos treinos eu tenho descurado essa vertente, prepositadamente, diga-se.
Abraço.

Amigo António.
É nítido que vou estando melhor para enfrentar o "Raid" mas ainda faltam etapas importantes até chegar lá, vai com calma.
O circuito deste ano foi igual ao do ano passado e os responsáveis da prova já conheciam estes pormenores, vamos a ver se melhoram para a próxima edição.
Um abraço.

Amigo Carlos.
Gostei de te encontrar novamente, agora a representar uma equipa de Loures. Estas provas com esta distância nesta altura são muito desgastantes, por isso tenho de as controlar melhor.
Um abraço.

Amigo José.
obrigado pela visita e aproveito para lhe dizer que os treinos longos sempre ajudam nestas provas mais pequenas, desde que não se abuse.
Um abraço.

luis mota disse...

Olá Joaquim!
Muito bom companheiro. O objectivo já está definido e esse é que interessa.
Votos de boas corridas e cumprimentos para todos,
Luís Mota

orlandoumnaocorredorquecorre disse...

Oi Joaquim , qdo eu fizer 10km abaixo de 50min, atingi o meu auge. Parabéns pela excelente corrida e pelo relato.Um abraço.

JOSÉ LOPES disse...

Olá Joaquim Adelino
Por distracção(própria da idade) troquei o nome na mensagem, aqui fica as desculpas e a rectificação.

Continuação de bons treinos
J.Lopes

Fernando Andrade. disse...

Grande Adelino!
Não se pode ter tudo, né!?
Se queremos aguentar km e km na areia, temos mesmo de pôr de lado a velocidade. Também venho notando isso, mas que se lixe! correr devagar dá muito mais gozo,eheheh.
Grande abraço
FA

Anderson Consenzo disse...

Parabens. Joaquim! Fez muito bem a prova!

Abraço

Otília disse...

Olá Adelino!
Parabéns por mais esta prova, está em grande forma, tenho a certeza que vai conseguir superar facilmente o grande objectivo que se aproxima!!!
Só tenho pena que os nossos "trilhos" não se cruzem tão depressa....
Até breve!
Bons treinos e melhores provas.