domingo, 11 de janeiro de 2009

SACAVÉM - 1ª CORRIDA DO ANO


Corrida comemorativa dos 109 anos da Cooperativa A Sacavenense e 1ª corrida integrada na 25º edição Corrida das Colectividades do Concelho de Loures.Prova que se desenvolveu repartida por vários escalões etários, desde os Benjamins (menos de 10 anos) e vet7 (mais de 65 anos).Foi uma prova de raiz popular e muito bem organizada, onde não faltou o apoio aos atletas nomeadamente com água. O saquinho dos prémios foi desta vez muito pobre, para além dos 3 primeiros (com prémios monetários), os classificados até ao 10º receberam uma medalha comemorativa, os restantes, a partir do 11º nada receberam. É muito frustrante chegar ao fim de uma competição e nada receber, é verdade que as inscrições foram gratuitas e sendo assim nada mais se pode exigir à organização para ir para além disto. O Município, que apoia toda a estrutura deste Troféu financeiramente, (excepto os prémios atribuídos em cada prova), já cumpre o seu papel nesta iniciativa, no entanto com um pouco mais de esforço estou convencido que poderia contribuir em cada prova com a oferta de pelo menos uma T-shirt alusiva à 25ª Edição do Torneio das Colectividades. Isto ás vezes até se consegue com um patrocinador oficial. Todos os atletas sairíam recompensados pelo esforço dispendido e pelo contributo que deram à sociedade pela sua participação no desenvolvimento desta modalidade.
Não é esta magreza de prémios que vai retirar mérito ao esforço da Cooperativa e dos seus amigos que conseguiram concretizar esta iniciativa, por isso estão de parabéns. Nem um pequeno erro que aconteceu no decorrer de uma das provas foi suficiente para a manchar, já que a presença do técnico da Cãmara Municipal de Loures, juntamente com o Director da Prova e os delegados das equipas logo ali resolveram o problema e do agrado para todos.
Sobre a minha prova, (pois já me estava a esquecer de falar dela), de tão pequena que ela era, 2400 m. (era para ser de 2800m), daí o tal pequeno erro de que falei antes, quase nem dei por ela e fiz 12,15m. tendo sido 5º do escalão de mais de 60 anos, éramos 6 !!!. Imaginem, como criaram mais um escalão (mais de 65 anos) deixaram-me campo aberto para ter mais epóteses.
Outro aspecto importante no meu ponto de vista e tenho dito muitas vezes junto das organizações de provas que os veteranos a partir dos 55 anos não deveriam ser impedidos de correr a mesma distância que correm os veteranos mais novos. Isso hoje voltou a acontecer e é frustrante porque normalmente treinamos para correr distâncias que podem ir até à Meia Maratona. Pode ser que as vozes de "burro" cheguem ao céu.
Agora só tenho o pensamento no Grande Prémio Fim da Europa (17 kms) entre Sintra e Cabo da Roca.
E quero lá encontrar uma certa menina... vocês sabem de quem é que eu estou a falar.


15 comentários:

Mariana disse...

Olá amigo Joaquim!
Parabéns pela sua prova.
Espero também que tenha um bom ou melhor resultado para as próximas provas referidas no seu texto.
Abraços para toda a família,
Mariana Mota

MPaiva disse...

Joaquim,
Essa prova foi quase uma corrida de velocidade! De qualquer forma dou-lhe os meus parabéns pelo resultado e pela forma como descreve o evento. Hoje estamos todos muito envolvidos pela Mega Organizações, que movimentam milhares de atletas (e milhares de euros!!!), mas nas quais pouco se promove o atletismo entre os mais novos. Esse papel acaba, na maior parte das vezes, por ser desempenhado por estas organizações pobres em dinheiro, mas ricas em dedicação e empenho em trabalhar em prol do verdadeiro desporto.

abraço
MPaiva

Mark Velhote disse...

Olá Joaquim,

Parabéns pela prova! Eu pessoalmente náo dou grande valor aos prémios de participação que acabam por ir parar ao fundo da gaveta. Talvez a medalha seja suficiente na maior parte dos casos, mas nesta prova de facto há que dar valor apenas ao facto de a organizarem e promoverem o atletismo.

Entretanto já viu o seu mail? Parece que o seu post sobre a S Silvestre de Lisboa chegou a quem de direito!

Um abraço

Triblog disse...

Concordo contigo! Todo mundo que participa de uma corrida gosta de levar algo de recordação para casa, no mínimo, uma medalha! Mas considerando os propósitos humildes da corrida, com inscrição gratuita não era mesmo para esperar algo diferente. Talvez no próximo ano cobrem alguma taxa para premiar a todos com algum brinde? Com relação às dicas, voltei a aplicar bolsa de gelo no local. Hoje só vou pedalar um pouco. No passado deu certo, acho que vai dar certo de novo, obrigado pelas recomendações!

luis mota disse...

Olá Adelino!
Uma prova mais curta também faz muito bem.
Parabéns pelo 5º lugar e à Susana pela excelente 2ª posição.
Boa preparação para Sintra.
Luís Mota

Anderson Consenzo disse...

Obrigado, Joaquim!

Tem sido muito bom trocar mensagens com você.

Parabens por mais uma prova completada!

Abraço

Jorge disse...

Incansável amigo Joaquim obrigado pela visita.
Parabéns pela 1ª corrida do Ano SACAVÉM, mandou muito bem parabenizo também pela boa colocação. Vcs ai de Portugal também tens boas provas amigo.
Boa semana e boas passadas.

JORGE CERQUEIRA

Edgard Neto disse...

Olá joaquim...
Valeu pela força e pelo apoio, agora é tratar e torcer pra recuperar logo.. o problema é a saudade das corridas..hehehe
Abraços

Carlos Lopes disse...

Tenho mais de 50 provas feitas ate hoje, mas nunca fiz 1 Milha, treinei varias vezes essa distancia mas nunca fiz

Carlos Lopes disse...

Nosso pára, vim deixar uma mensagem

"A Portuguesa"

Heróis do mar, nobre Povo,
Nação valente, imortal
Levantai hoje de novo
O esplendor de Portugal!
Entre as brumas da memória,
Ó Pátria, sente-se a voz
Dos teus egrégios avós
Que há-de guiar-te à vitória!
Às armas, às armas!
Sobre a terra sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

Desfralda a invicta Bandeira,
À luz viva do teu céu!
Brade a Europa à terra inteira:
Portugal não pereceu
Beija o solo teu jucundo
O Oceano, a rugir d'amor,
E o teu braço vencedor
Deu mundos novos ao Mundo!
Às armas, às armas!
Sobre a terra sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

Saudai o Sol que desponta
Sobre um ridente porvir;
Seja o eco de uma afronta
O sinal de ressurgir.
Raios dessa aurora forte
São como beijos de mãe,
Que nos guardam, nos sustêm,
Contra as injúrias da sorte.
Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

Carlos Lopes disse...

caro amigo, obrigado pelas palavras.. bom ter sempre algo de bom que você escreve no meu blog. abraços

ns disse...

Boa noite Joaquim,

Em primeiro lugar quero agradecer os seus incentivos relativamente aos meus (tristes) treinos :-)

Confirmo que sou "esse" Nuno da Petrogal. Já tinha inclusive há tempos feito aqui no seu blog alusão a esse facto. Depois de ter visto fotos do Hugo tive a certeza que o Joaquim era o treinador do Vale Figueira quando eu conheci quando começei a correr. Já lá vão uns bons anos...de tal maneira que tive 15 anos sem correr :-)

Apesar de ter voltado a correr apenas com o objectivo de contrariar a vida sedentária que levo, meti na cabeça que irei correr a meia maratona. Pode ser que nos encontremos por lá e eu me cole atrás de si para ver se consigo acabar...
Por outro lado, dei uma espreitadela aqui no calendário do Torneio de Loures e fiquei com vontade de correr as milhas (sempre são menos kms..).

Duarte Gregório disse...

Boas,
o ideal é vir à Madeira fazer as provas, pois todos os escalões de veteranos correm sempre as mesmas distancias e, ainda bem que é assim.
b.f.semana

Nuno disse...

Adelino pelo que vejo no seu blog, esteve nos Paraquedistas. Eu também lá estive, Curso Geral de Melicianos de 1993, comparando consigo sou muito "checa".... Por sinal o ultimo da Força Aerea. Apanhei a transição para o Exercito.
Foram 4 anos e meio magnificos.

Um abraço

Nuno disse...

Vou adcional-lo ao meu blog.
Bons treinos