sábado, 19 de novembro de 2011

Treino/Convívio em S.João da Lampas

A Meia Maratona de S.João da Lampas voltou a organizar mais um treino noturno, agora em 3ªa Edição, com um enorme sucesso. Foram cerca de 60 atletas e amigos que se inscreveram para percorrer aquele excelente percurso já conhecido de muitos dos participantes, já que se trata exactamente do mesmo que se percorre na Meia Maratona que se realiza por norma no 2º fim de Semana de Setembro de cada ano.
Nem o forte temporal que afectou toda a Região de Lisboa no dia de ontem afectou a vontade indomável de quase todos os que se inscreveram de comparecer, dando assim um colorido diferente e bem enquadrado no escuro da noite pelas ruas e aldeias que circundam S.João das Lampas.
A par do treino que se realizou a partir das 21,30h. (o atraso de meia hora deveu-se ao temporal e ao atraso de alguns por se encontrarem bloqueados em algumas vias de acesso a S.João das Lampas), existiu também a parte de convívio no final do treino no salão da Colectividade local logo após a chegada de todos e já com o retemperador banho (de água fria diga-se) como convém.
A chuva acompanhou-nos sempre durante todo o percurso com maior intensidade pouco depois de meio do treino e como já tenho dito é neste ambiente chuvoso que eu gosto de correr, muito ou pouca tanto faz mas que chova, a noite também ajudou pois não estava vento nem frio, do melhor.
Como era de esperar formaram-se logo à partida grupos de diferentes ritmos e aos 2 kms já eu estava na cauda do pelotão onde fiquei até ao final do treino, o Alexandre teve a gentileza de ficar sempre comigo, controlando ele o ritmo (sempre na casa dos 6m km) e eu opercurso que conheço muito bem. Cabe aqui um agradecimento pelo cuidade que o Fernando Andrade teve em cobrir a nossa segurança (eu e o Alexandre éramos os últimos) colocando a circular uma viatura com as luzes intermitentes sempre acesas à nossa rectaguarda, um obrigado ao amigo que para além da nossa protecção à rectaguarda iluminou também todo o percurso onde em algumas zonas a escuridão era quase total. Os abastecimentos também estavam lá, água pois claro, porque o resto estava à nossa espera quando acabássemos, estavam aos 10kms e aos 18, locais muito oportunos pois é ali que mais necessitamos, eu ainda aproveitei uma torneira de abastecimento público perto dos 16 kms onde aproveitei para tomar também um Gel já que nesta altura os rins começavam a ser solicitados em apoio ás necessidades que já ia sentindo. Mesmo com as péssimas condições climatéricas não faltaram também ali nos abastecimentos os amigos voluntários, o que muito agradecemos.
Após o banho fui para o Salão onde era servido um lauto jantar, era mesmo o jantar da meia noite onde se podia ver e comer: febras e frango grelhado, sopa, pão, vinho, aguapé, sumos, castanhas fritas, arroz doce, bolos e outras iguarias sem fim.  O convívio ali realizado foi extraordinário, muito se fica a dever também a um numeroso grupo de vontários que preparou aquilo tudo enquanto decorria o nosso treino. Foi nesta altura que o responsável por todo este convívio Fernando Andrade aproveitou para agradecer a nossa presença, eu diria que nós é que agrademos a oportunidade que nos deu de estarmos ali todos neste são convívio, e explicou que esta oportunidade também tem o objectivo de desmestificar a propalada opinião negativa (de alguns) que esta Meia Maratona não é tão "difícil" como a pintam. O Presidente da Junta de Freguesia também fez questão de estar presente dando assim, em sua/nossa opinião um cunho do valor que representa este convívio para todos nós em hora difícil que todos somos confrontados todos os dias.
Era visível a satisfação do Fernando Andrade pelo êxito da iniciativa e não era razão para menos, mas a nossa satisfação em estarmos ali também não era menor e com vontade de voltarmos se existir oportunidade para isso, chova ou não.
Para que conste o meu treino teve a duração de 2,09h. e a distância esteve um pouco para além da Meia Maratona,
Direi que foi excelente tendo em vista a Maratona de Lisboa daqui a duas semanas.
Fotos

3 comentários:

Jorge Branco disse...

Belo texto!
Até fiquei comovido!
É por tudo isto, e muito mais, que não há meia maratona igual a de São João das Lampas em Portugal (estou capaz de dizer no mundo!), nem há ninguém que saiba receber tão bem os atletas como o Fernando Andrade.

Fernando Andrade. disse...

Obrigado, Adelino, pelas tuas palavras e, sobretudo, por teres aceite a nossa proposta.
Agradeço também ao Jorge Branco as palavras que ele deixou no comentário que antecede. Pena tenho eu que ele não tenha podido alinhar. Para o ano, temos que o convencer.
Grande abraço.
FA

José Xavier disse...

Olá Joaquim Adelino,

Bom convívio desportivo e de uma forma original, e bem organizado.
Ainda um dia destes fizemos uma prova às 2 da manhã e estvam lá 1.500 participantes.
Os nossos treinos entre meio de outubro e meio de fevereiro são sempre durante a noite, pois a partir das 17 horas é noite neste país....

Um abraço amigo
dos Xaviers