segunda-feira, 16 de maio de 2011

Grande Prémio de Atletismo de Vendas Novas

Desta vez sem prémios monetários, em Vendas Novas regressou-se novamente à corrida genuinamente popular. Os organizadores da prova souberam com grande dignidade preservar esta competição já com grande tradição em Portugal.
Na falta dos habituais craques, quenianos incluídos, deu-me enorme prazer ver alguns atletas de grande valor terem a sua oportunidade de mostrarem as suas potencialidades sem que seja na busca dos Euros.
Eu bem ouvia o Spiker a anunciar que estava na hora de chegar o primeiro atleta pois estava-se a atingir os 29 minutos, tempo que o vencedor do ano anterior tinha gasto para percorrer aqueles 10 kms, só que se esqueceu que este ano os primeiros planos, nacionais e estrangeiros que percorrem Seca e Meca à procura  de alguns míseros de Euros não estavam ali desta vez, mas sim outros que galhardamente sempre lá estiveram e nunca voltaram a cara à luta apesar da presença dos mais poderosos. Ganharia o Carlos Alves seguindo-se outros atletas que com a sua presença e empenho muito dignificaram a prova e os seus responsáveis.
Eu limitei-me mais uma vez a observar aquele mar de gente que teve oportunidade nesta grande jornada desportiva que conseguiu envolver todos os que de uma forma ou de outra quis participar, na pista e na estrada todos saíram de lá satisfeitos por mais um Domingo de desporto muito bem passado.
Seguiu-se o habitual convívio do pessoal amigo dos Amigos do Vale do Silêncio e da minha equipa familiar que nos ultimos tempos tenho acompanhado. Desta vez estivemos em Montemor o Novo.

Fotos do Grande Prémio deVendas Novas.

3 comentários:

JoaoLima disse...

Excelente texto e fotos, amigo Joaquim!

Um abraço

Tiago Silva disse...

Bonito texto ;) e claro que temos de agradecer ao nosso fotografo agora de serviço :)

Grande abraço

ana paula pinto disse...

Para quando o regresso às corridas? Está tudo a correr bem? E o netinho?

beijinhos

(gostei muito das "caras de esforço":-))