segunda-feira, 30 de maio de 2011

Corrida do Mirante em Ota.

Atravessamento do Rio Ota
Aproveitei o dia e fui com os Amigos do Vale do Silêncio até Ota onde se realizou mais uma edição da corrida do Mirante disputada em trilhos nas serras que circundam Ota num total de 12 kms. A prova iniciou-se pelas 10h.com a presença de cerca de 130 atletas para percorrerem um percurso bem exigente pelas imensas subidas,curtas mas bem difíceis, bem como tiveram de enfrentar algumas descidas acentuadas e escorregadias e sempre acompanhadas de imensa pedra solta a exigir dos atletas uma atenção constante e permanente. O percurso estava bem marcado, pelo menos não ouvi reclamações por parte dos participantes, sinal que aqui as coisas também correram bem. Um pouco antes da corrida principal tinha-se iniciado a Caminhada de 9 kms, prova não competitiva onde os locais levaram a melhor, uns que conheciam melhor a região e desembaraçaram-se melhor, outros que conhecendo bem os trilhoas evitaram aquela maçada de tantos kms!!! e depois aquela brutal subida também convidava a que isso acontecesse, deu para tudo.
Como eu me tinha disponibilizado para ajudar a Organização o Beijinha colocou-me num lugar espectacular junto ao atravessamento de um Rio onde pude fazer mais uma boa edição de fotografias que poderão ser vistas num link logo abaixo desta crónica.
Seguiu-se mais um excelente almoço de grelhados servido no Parque das Merendas junto ao Mirante, nome que dá precisamente o nome à prova. 
Fotos da Corrida do Mirante

3 comentários:

luis mota disse...

Amigo Joaquim!
Sempre com boas e agradáveis crónicas, das belas provas de corrida de Portugal.
Aproveito para agradecer as palavras e desejar a todos os companheiros do vale do Silêncio o maior sucesso.
Irei a Peniche, Corrida das Fogueiras e gostaria muito de o ver por lá.
Nas provas e nos convívios, que tenho participado, tenho-me lembrado e sentido muito a falta da sua companhia… das suas palavras.
Rápidas melhoras meu caro Amigo!

Carlos Lopes disse...

faço as palavras do mota es minhas.. abraços

José Xavier disse...

Olá Joaquim Adelino;

Estas crónicas desportivas, de cobertura fotográfica, e de ajuda na organização destas provas, servem certamente a uma recuperação de saúde rápida, que é aquilo que mais desejamos.

Um abração dos Xavier's