sexta-feira, 18 de março de 2011

Os sonhos impossíveis

Trilhos de Almourol 2010, agora só em 2012
Domingo dia 13 de Março, 07h levanto-me para me preparar para participar na Corrida das lezírias que estava há muito programada. 1º tinha que ir ter com o Daniel para tomarmos juntos o pequeno almoço e depois seguir para Vila franca.
Tinha passado mal a noite, quase sempre em claro, mas assim que pisei o chão verifiquei que a coisa estava mesmo mal, a indisposição acentuou-se e não tive outro remédio em comunicar ao meu Genro que eu estava incapaz de fazer fosse o que fosse e que desistia de ir fazer a corrida pois se nem sequer a viagem era capaz de suportar.
Domingo dia 13 de Março, 13,30h sigo o mais rápido que posso a caminho do Hospital, a situação era insuportável nem deu para esperar pelo Daniel como estava combinado.
Entrei no Curry Cabral ás 14h e só saí ontem dia 17/3 pelas 20h,  neste intervá-lo passaram-se muitas coisas difíceis de descrever mas que um dia faço questão de revelar.
O que importa agora é recuperar e voltar, contudo será um processo longo e angustiante para quem como eu gosta de correr e enfrentar sempre novos desafios, de me ver afastado daquilo que tanto gosto que é estar junto dos amigos e partilhar com eles o convívio e as fantásticas aventuras por este vasto Portugal.
Ficarão pelo caminho os sonhos de participar em algumas provas que tanto queria realizar este ano, tais como: Trilhos do Pastor, Trilhos de Almourol, Trilhos dos Barris, Geira Romana, Serra da Freita, Melides/Tróia, Noturna de Óbidos, etç. Muitas outras também ficam para trás mas neste momento nem sequer posso sonhar com uma recuperação que permita abreviar caminho, isto é como fazer a regeneração de órgãos vitais e começar de novo, sonhamos mas o sonho tem limites.

29 comentários:

Anónimo disse...

Bom dia amigo Força vai tudo correr muito bem.vai aparecendo.

António Fernandes

José Xavier disse...

Caro Joaquim Adelino;

Ficamos surpresos, e preocupados com esta sua notícia. Estamos confiantes que haja uma recuperação e em breve volte ao convívio de tantos amigos e daquilo que tanto gosta de fazer, porque, tal como diz o poema de António Gedeão:

Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,
que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.

MUITA FORÇA, PARA O PRÓXIMOS TEMPOS, AS MELHORAS.

COM UM ABRAÇO AMIGO DOS XAVIER'S

luis mota disse...

Amigo Joaquim
É uma comunicação que me deixa angustiado. De qualquer forma o mais importante é recuperar bem e que esteja bem de saúde.
As lágrimas correm-me no rosto, pois não terei o prazer de confraternizar com o Joaquim nessas provas, que para nós é o mais importante na corrida. Espero que regresse à normalidade e uma coisa é certa, onde eu estiver o “Pára que não pára estará sempre presente”.
Grande Abraço Amigo Joaquim.

Ricardo Baptista disse...

Amigo Joaquim,
Espero que se recomponha totalmente que isso é que é importante. Fico a torcer para que tudo corra bem.
Um forte abraço,
Ricardo.

Fernando Andrade. disse...

Amigo Adelino
Fico a torcer para que
1- recuperes a saúde;
2- possamos continuar com a tua amizade e boa disposição;
3- possas continuar a correr -como tanto gostas - mas só se isso não interferir com as duas primeiras.

Grande abraço, Amigo e desejo muito as tuas melhoras.

Vitor Veloso disse...

Amigo Joaquim,
Que tudo lhe corra da melhor maneira possível e que regresse bem o mais breve possível.
Estamos contigo, Força!
Grande abraço
Ate breve
Vitor

Mário Lima disse...

Joaquim

O que se passa ó Pára? Estive com o Daniel e admirei-me pelo facto de não te ver ali, mas como nem sempre se pode ir a todas, pensei que tinhas abdicado das Lezírias por cansaço ou por ser uma prova curta que, como dizes, já não faz parte do teu prazer participar.

Afinal a situação é outra e pelos vistos não são notícias muito boas pois, pelo tema, vai-se arrastar por um longo período que te irá impedir participar nas provas dos teus sonhos.

Mas o sonho comanda a vida, Sei quanto te custa, mas saberás dar a volta a esse problema e voltarás em força para "derrubar" a Geira e a Freita que são as únicas que ainda não venceste.

Estarei contigo no teu regressar pois um "Comando" não deixa um "Pára" sozinho, não vá este abusar do físico para além dos limites.

:)

Mas enquanto estiver eu a correr estarás comigo pois o "Pára&Comando" veio para ficar. Em Almourol não estarás tu, mas estarei eu a representar a nossa equipa.

Vá Joaquim, força e vai um grande abraço Amigo. As melhoras.

António Almeida disse...

Amigo Joaquim
sei saber ao certo o que se passou estimamos as suas melhoras e esperamos que não seja nada de muito grave.
Quanto às corridas que ficam para já por fazer há outra mais bem importante que agora urge vencer.
Força companheiro, a família Almeida está com o nosso "pára" nesta hora menos feliz depois de termos estado juntos em tantos e bons momentos nos últimos anos.
Abraço e beijos da Isabel e da Vitória.

Jorge Branco disse...

Um assunto desta natureza não cabe num simples comentário por isso o Último Quilómetro abriu as suas "portas" para um grande e comovido abraço ao amigo (maior que o pensamento como na canção do Zeca) Joaquim Adelino.
FORÇA COMPANHEIRO!

Carlos Pinto-Coelho disse...

Adelino,
Todas as palavras são curtas para dar-te algum conforto e amparo. Acima de tudo, levar os dias com muita paciência, cuidares de ti bem, ficares bom e depois se verá. Cada coisa a seu tempo. Mas sei, que o bichinho que nos contagia a todos é uma grande ajuda para recuperares mais depressa do que normalmente aconteceria. Em cada corrida que faremos, sentiremos este hiato forçado e inadvertidamente andaremos à procura do chapéuzinho no meio da vegetação. Força amigo. Abraço

Kim disse...

Joaquim,
Fico a torcer para que tudo corra pelo melhor.
Um forte abraço.

Hugo Adelino disse...

Olá, pai!
Passaste dias dificeis e eu de grande preocupação sem saber qual a origem do problema.
Felizmente o pior já passou.
Agora, após o regresso ao conforto do lar irás recuperar para depois voltar ao que tanto adoras.
CORRER e estar entre AMIGOS.
As melhoras e beijinhos do filho que te adora.

BritoRunner disse...

Rápidas melhoras Adelino

Fiquei bastante triste por saber que a sua saúde não está a 100%. Quanto a Almourol se tiver melhor pode sempre aparecer, será um prazer te-lo na caminhada se para correr não dá, pode juntar-se aos voluntários, pode vir comigo ao longo de toda a prova e acompanhar de outra maneira uma prova de trilhos.

Abraço e disponha

Anónimo disse...

Olá amigo Adelino.

Fiquei curioso por não ter visto nas Lezirias, mas pensei q não tinha visto no meio de tanta gente.
Afinal a sua ausência foi forçada e muito triste me deixa sabê-lo adoentado, impossibilitado de correr e tê-lo a nosso lado num alegre convivio por esse país fora.

Rápida e boa recuperação amigo.
Abraço

Zé Magro

Grupo Motard Sapadores Bombeiros Lisboa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Pai, como sempre venceste tantos obstáculos também este vais vencer a seu tempo sempre com o teu sorriso que nos enche a alma.
Um beijinho da filha
Susana

João Paulo Domingues disse...

Sr. Adelino

Apesar de não o conhecer pessoalmente, gosto muito de ler as suas crónicas. Pessoalmente sei o que custa não podermos fazer o que gostamos. Desejo-lhe as melhoras e uma rápida recuperação.

Abraço.

João Paulo Domingues

Fernando Silva disse...

Não queria ler este artigo, mas li e fico com uma triste sensação que me soa a despedida das corridas...não acredito, por agora o mais importante é a sua recuperação e depois logo se vê!!!
Mas brincando com a situação... o nosso director técnico(João Inocêncio) já lhe fez o convite para temporariamente ser o fotografo do grupo e deve aceitar porque você sempre vê os amigos e nos sempre ficamos com uma recordação para o futuro
FORÇA AMIGO e esperamos por si no nosso local de treino para conversarmos e...falar mal de alguém...

Luis Parro disse...

Grande Amigo Adelino,
Soube agora do sucedido e espero que a recuperação esteja a correr bem.
Um Grande Abraço e Desejos de Rápidas Melhoras,
Luis Parro

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Joaquim Adelino... meu querido amigo, isso tudo vai passar. Pelo que percebo, como diz Hugo, o pior já passou. E o Adelino vai voltar a correr, vai ver;

Quando encontrei o Daniel em V.F.X. pensei como o Mário Lima, que o Adelino deveria ter ido a outra prova, maiorzinha, e afinal estava a passar mal...

Desejo que recupere a saúde, com calma, muita calma e paciência, e que não lhe falte o sorriso.

um beijinho
Ana Pereira

JoaoLima disse...

Um grande abraço de desejo de completa recuperação e de força para este momento

Filipe Fidalgo disse...

Amigo, Adelino.
Existem momentos na nossa vida que nem o carinho daqueles que gostam de nós, nos pode ajudar. Mas é nesse carinho, que encontramos forças, conforto e ambição para darmos a volta por cima e voltarmos a percorrer lado a lado os trilhos da vida.
Um grande abraço e votos de rápidas e boas melhores, a blogesfera corredora aguarda impaciente pelo regresso de uma das suas mais emblemáticas figuras.

Filipe Fidalgo

JOSÉ NARCISO disse...

Força Joaquim!!!
Deus é grande e não dorme, tu mereces.Rápidas melhoras amigo, estou contigo.
Cumprimentos
José Narciso

Anónimo disse...

“Nunca um título dum blogue esteve tão certo.

Porém, do meu ponto de vista, acho que o Pára tem mesmo que, pelo menos, abrandar na quantidade de provas que realiza. Sob pena de um dia não ter que abrandar, mas sim parar… E isso, eu (e, sobretudo, ele) não gostaria nada que acontecesse!

Um Abraço Adelino!

Orlando Duarte
8 de Março de 2011 18:57”
Quem é que não gosta de ter a razão do seu lado. Porém, desta vez, confesso, adoraria estar totalmente errado e jamais ter a razão do meu lado.

Contudo, grande Amigo Adelino, quem sou eu para te criticar… Como eu te percebo…

E mais retórica podia aqui explanar… Mas agora o que interessa e o que é mais importante, e isso eu tenho a certeza que está acontecer, é estares bem acompanhado pelo família e pelos médicos, porque o pior já passou e, brevemente, estarás entre nós para voltámos a saborear aqueles belos momentos de puro convívio e sã camaradagem!

Um Abração e rápidas melhoras!!!

Orlando Duarte

Novais disse...

Amigo joaquim:
Desejo-lhe rápidas melhoras, a saúde acima de tudo.
O sonho comanda a vida e esses que ficaram pelo caminho de certeza que se iram concretizar.
Um abraço

joaquim adelino disse...

Comovido deixo um grande abraço a todos.
Não tenham dúvidas, voltarei um dia.

Bruno Magnum disse...

Amigo Adelino,
foi com tristeza que soube que está a travessar um mau momento.
Tem que pensar que o pior já passou e agora é passo-a-passo... mas sempre em frente.
O Adelino sempre foi um exemplo, um modelo a seguir e agora mais do que nunca vai encontrar forças dentro de si e em todos nós que o admiramos para voltar em grande, como sempre nos habituou.
Pode contar comigo para o que precisar.
Um forte abraço e um desejo de rápidas melhoras.

Kamala disse...

Adelino,

Não tenho ido ao parque por ter contraído uma pubalgia. Mas não é disso que quero falar.Tenho uma grande estima e amizade para contigo e fiquei preocupado com esse teu "acidente"!Desejo-te rápidas melhoras e não penses em mais nada senão na tua recuperação.
Abraço e muita força campeão!

MPaiva disse...

Amigo Joaquim,

Ao contrário do que é habitual, só hoje li esta triste mensagem.
Quero mandar-lhe um forte abraço de amizade e solidariedade com este mau momento e dizer-lhe que faço votos para que a recuperação seja plena e o mais rápida possível.
Por mais que queiramos regressar à vida normal a curto prazo, nestas coisas da saúde, é importante dar tempo ao tempo e cumprir com as orientações médicas, por mais que isso nos possa custar.
Até que isso aconteça a 100%, sabe que estaremos aqui a torcer por si.

abraço
MPaiva