sábado, 23 de outubro de 2010

20 Kms de Almeirim



Hoje fui conhecer a "nova" da Corrida dos 20 kms de Almeirim. Fiquei surpreendido, há bastantes anos que já não ia lá e o percurso que fui encontrar era totalmente estranho para mim, não sei há quantos anos tem este traçado, aquilo que sei é que o achei menos enfadonho que aquele que existia anteriormente que nos levava estrada fora sem fim à vista e depois fazíamos o regresso até um não mais chegar. Aquela 1ª volta dentro de Almeirim na distância de 5 kms também foi novidade para mim e gostei imenso de a fazer, mas não estava à espera, e assim foram "cortados" mais 5kms naquelas estradas de perder de vista.
Foi também um regresso, se a memória não me falha, à Estrada que liga até Alpiarça e até à sua bonita Barragem, que eu também não conhecia. Era este o percurso que eu percorri quando lá estive pela 1ª vez, vínhamos depois apanhar a Estrada que vinha de Santarém e terminávamos no mesmo local em Almeirim. Penso que se abandonou este traçado original devido ás cheias que quase todos os anos inundava aquele local, mas foi uma pena pois um prova torna-se bastante monótona quando temos de ir e vir pelo mesmo percurso.
Agora encontrei as coisas melhores neste meu regresso, até a Sopa da Pedra foi uma agradável novidade e que saborosa ela estava, servida num amplo espaço onde todos se poderam sentir à vontade, e o que é mais importante sem confusões. Eu já gostava muito desta prova e só por outros compromissos é que eu estive ausente em edições anteriores, mas espero no futuro não mais faltar por várias razões: Uma prova muito bonita, muito bem organizada, bons abastecimentos de água, gente de apoio muito simpática e a recepção final, um saco com bonitas recordações e o convívio final entre todos e em especial dos amigos que tiveram oportunidade de confraternizar em redor das mesas enquanto saboreavam a excelente Sopa da Pedra e o bom vinho da Regíão, de entre muitas qualidades de bebidas.
Da Corrida tenho a dizer que fiquei muito satisfeito e foi um bom teste para a Maratona do Porto, Tinha falado ao Daniel, meu Genro, que desta vez não correu mas fez-me amavelmente companhia nesta deslocação, que me podia esperar pela 1,45h a 1,50h, e assim foi pois acabei por realizar 1,47,17h para os 20,160kms no meu Garmin com uma média de 5,19m por km.
Para esta melhoria de média muito contribuiu o regresso, quando ainda faltavam 7,5kms para a meta, como havia disponibilidade física aproveitei e foi um regalo ir ultrapassando tantos atletas que no regresso já sentiam maiores dificuldades, coisa rara em mim pois normalmente sou eu que estou naquele estado, para isso também muito contribuiu os amigos que com tantos incentivos só podia dar naquilo, uma excelente prova e a acreditar que a Maratona do Porto poderá correr melhor do que aquilo que eu estava a pensar. Vamos a ver.
Uma palavra final para os amigos, foram tantos os que me falaram durante a corrida, não vou poder dizer todos mas realço alguns das Lebres do Sado, do Narciso, do Parro, que fazia ele ali?, do Mota e Susan, A.Almeida e família, (que alegria qundo vi a Vitória a correr para mim para um grande abraço) do V.Veloso e família, o Venâncio, Mário Lima, o Carlos Coelho (perdeu o cartão para a Sopa, oh Carlos), o Romão e tantos outros, que me desculpem!
Vou tentar mais logo fazer a Corrida do Tejo, se arranjar dorsal estou lá batido.
Segue-se para a semana a Corrida da Ribafria, estou ansioso pois vou voltar a encontrar aquele grande número de amigos que tão simpaticamente nos aplaude (no km11) quando por lá passamos, e eu espero poder retribuir quando por lá passar na 2ª parte da corrida quando viermos de regresso.
Fotos do Daniel e de amigos

Mais fotos aqui
Classificação Geral aqui

6 comentários:

Carlos Lopes disse...

Olá Joaquim

Parabéns por mais esta participação

António Almeida disse...

Companheiro
uma grande tarde de corrida, amigos e família, pareceu-me que todos os que vão à invicta estão em excelente forma, de hoje a 15 dias a prova dos nove, espero que certinha.
Abraço.

Vitor Veloso disse...

Amigo Adelino,
Sempre um prazer estar junto de grande atletas, esta de parabéns fez uma boa corrida.
O despique com Mário está para durar, bom de ver vossa amizade e o vosso companheirismo.
Agora, tudo pronto para Porto, vemo-nos na Invicta.
Abraço para Daniel e bjs a Susana
Abraço
Vítor e meninas

Luis Parro disse...

Boa Tarde Amigo Adelino,
O que eu fazia ali? Estava á pesca na barragem e depois apanhei o comboio...!!!!LOL
Bom, a sério, foi mais um treino para o Porto, devagarinho, no chamado ritmo "sereno"! Pena não saber da Sopa da Organização e fui parar ao "toucinho".
Para o ano há mais!
Luis Parro

Mário Lima disse...

Olá Joaquim

Mais uma prova rumo à Maratona do Porto, com um percurso novo mas mais atraente pois passar duas vezes em Almeirim é sempre de festa pois para além dos familiares há sempre muitos moradores nos seus banquinhos a apreciarem a prova.

Tu com o teu passinho é que me vais enganando, quando penso que estás longe olho para trás e ali estás bem perto.

:)

Agora há que recuperar do esforço (pois no dia seguinte mais 10 km é um esforço que não mata mas mói).

Um abraço ó Pára e cuida-te. Abraço tb para o Daniel.

Jorge Branco disse...

Isso da falta de força nas subidas foi do “lastro” da Sopa da Pedra.
Grande abraço.