quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Cross da Laminha, 15 de Janeiro de 2012

Voltei, mas desta vez acompanhado de maiis 7 elementos da minha Equipa dos Amigos do Vale do Silêncio, 2 dois deles estreantes neste tipo de provas e com bastante sucesso.
Sei que muitos ficaram de fora e também sei que a prova não tem capacidade para mais se mantiverem aquele figurino, e eu pessoalmente espero que este traçado da prova se mantenha nas edições futuras porque ele é espectacular. Este ano tivemos a visita da chuva, quer antes quer durante a prova tornando-a ainda melhor dando assim ênfase ao nome porque é conhecida.
O piso estava muito escorregadio e a chuvada que caíu logo no início da corrida ajudou a amaciar ainda mais os trilhos por onde passámos tornando-o mais espectacular, ainda que tenha observado muitas quedas achei engraçado verificar a forma como alguns dos restantes concorrentes abordaram uma prova com as dificuldades que esta tinha, ténis inadequados para aquele piso e em alguns casos utilizaram mesmo ténis de asfalto, logo as quedas tinham de aparecer e os escorregões eram constantes. Eu preparei a artilharia pesada, tinha lá estado no ano anterior e sabia por onde ia passar, com a chuva que caiu calculei logo aquilo que ia encontrar e não tive outro remédio do que utilizar uns ténis mais pesados e com um bom rasto de forma a que evitasse as escorregadelas e as quedas. Por sorte não fui ao chão e neste caso concreto foram as descidas onde me adaptei melhor e onde os "outros" se viam aflitos para descer as partes em mais mau estado. Foi um autêntico labirinto, quem tiver oportunidade de ver o percurso trilhado achará por certo incrível como foi possível organizar uma coisa daquelas dentro de um espaço tão pequeno sem nunca cruzarmos o mesmo trilho ao longo de mais de 13 kms.
Gostei mais uma vez de fazer esta prova e se não for descuidado com a inscrição quero voltar para o ano.
O convívio final foi excelente e coincidiu com o almoço que desta vez teve uma evolução em favor dos atletas, foi servido à mesa com uma efeciência de realçar onde não faltou nada, fartura e boa bebida.
Todos os elementos da minha Equipa estiveram muito bem, particularmente destaco o Tiago Silva com o 16º lugar da geral e o 2º lugar no escalão mais de 18 anos e o João Inocêncio 14º da geral e o 5º no escalão mais de 40 anos. Ambos foram estreantes em provas desta natureza.
A minha partecipação foi muito regular embora tenha a certa altura acusado o treino da véspera à noite no Parque da Paz em Almada na distância de 16kms, ainda assim consegui fazer os 13,5kms de curvas, subidas e descidas de grande relevo em 1,40,44h.
Vitor Ferreira apenas um reparo, o chuveiro pingava e como não chuvia naquela altura tive de tomar "banho" no lavatório, a água fria dou de barato mas aqueles chuveiros estão ali é para deitar água, espero que a Tróica não a esteja a racionar. Até para o Ano.


fotos Classificações

1 comentário:

José Xavier disse...

Joaquim Adelino;

Mais uma excelente participação desportiva e sempre a trazer os amigos para estes desafios. Faz muito bem.

Um abraço
dos Xavier's