segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Trail das Terras do Grande Lago, Alqueva

À entrada de Portel, foto do Esmeraldo
Concluída que está mais uma das corridas que fazem parte das que para mim são obrigatórias, desde que possa está claro, deixo aqui algumas palavras sobre este evento que foi  o 2º Trail Terras do Grande Lago realizado no dia 2 de Outubro que ligou a Aldeia do Alqueva pela margem esquerda do Lago até à Aldeia de Amieira terminando depois em Portel no bonito jardim do Parque Matriz com o bonito score de 35 kms percorridos.
Fiquei muito satisfeito de desta vez 5 amigos do meu clube me acompanharem nesta difícil prova de resistência, que para 3 deles era a 1º vez que iam para além da distância de 25 kms. Mais contente fiquei quando soube que todos conseguiram concluir. Do nosso grupo fui o último a concluir, dentro ainda do limite fixado pela organização mas feliz por ter conseguido concluir aquilo considerando a longa paragem que fui obrigado a fazer estando fora de qualquer competição desde Março até a Agosto próximo passado.
Da minha participação farei um relato mais em pormenor no Blogue do meu Clube... 
Os dados do meu Garmin deram os seguintes resultados:

A nossa mascote e os 2 classificados no meu escalão
Distância------ 35,400 kms
Tempo-------- 4,45,24 h.
Ritmo médio-- 8,04 m. 
Ganho de elevação-- 606 metros
Perda de elevação-- 490 metros
Calorias-------- 2.688
Da organização da prova O Mundo da Corrida só posso louvar o extraordinário trabalho realizado na montagem e acompanhamento da prova e o cuidado que tiveram no apoio aos atletas durante todo o percurso, onde não faltou o apoio e carinho por todos os atletas. Pouco mais podiam fazer, ainda assim conseguiram minimizar os estragos causados pelo imenso calor com reforço de água e alimentos consubtanciados em fruta de laranja e bananas que se foi consumindo até o estômago os aceitar. Ouve algumas desistências provocadas por debelidades físicas e outras pelo imenso calor. Apesar dos avisos da Organização no local da partida chamando a atenção para as condições climatérias que se iriam sentir devido ao calor ouve muitos atletas que pouco ligaram ao que foi dito e partiram sem levarem qualquer recipiente com água ou qualquer outra bebida que pudessem ingerir. Valeu a Organização que de forma bem disciplinada colocou a cada 5 kms água com fartura mas que para muitos se viram "gregos" para chegarem a cada um deles.

A receber o meu prémio das mãos da Vitória

Lamentável também (para os próprios, claro está) que novamente os da frente se tivessem enganado no percurso à passagem por Amieira, (para alguns aquilo estaria mal assinalado?) eu passei bem e em momento algum senti dificuldades na minha orientação, tanto mais que alguns deles já lá tinham passado no ano anterior e sem qualquer problema.
Espero agora pela próxima Edição, que seja tão boa ou melhor que esta, excepto claro está o calor, pois não desejo voltar a levar com outro escaldão como nunca tinha levado ainda.
Classificações

5 comentários:

António Almeida disse...

Amigo "pára"
parabéns pela prova que dadas as condições climatéricas verificadas se assumiu como extremamente dura.
Parabéns pelo lugar do pódio (conquistado e merecido).
Até um dia destes.
Abraço,
António

luis mota disse...

Amigo Joaquim
Belo regresso o seu a Alqueva. Parabéns pelo lugar alcançado.
É uma das boas provas de corrida a exigir a presença anual. Gosto muito de Portel e do percurso da prova. Depois com esta “rapaziada” a organizar, a corrida tem outro prazer.
Grande abraço e se for até à Moita cuidado com o calor. (só de pensar que já lá estivemos com a partida inundada!)

Jorge Branco disse...

Parabéns!
Que me dera ter essa “juventude”!

Anónimo disse...

Amigo Joaquim,
Desde já lhe agradeço pelo convite que me fez para fazer a prova! Na companhia dos nossos colegas lá fomos até Alqueva os maçericos, com você como padrinho. Gostei bastante de a fazer,o convívio e o espírito que existe nestas provas de trail para mim é bastante mais acolhedor que o da estrada e existe mais companheirismo entre os atletas. Gostei muito do percurso da prova, então os últimos 10km foram óptimos, deu para apreciar a paisagem a andar e com câimbras nas pernas eheh. Hei-de lá voltar, seguramente com mais juízo e treinos nas pernas.
Abraço
Rui Pacheco

Mário Lima disse...

Olá Joaquim

Uma prova bem difícil, não só pelo trajeto sobe e desce mas essencialmente pelo intenso calor que se fez sentir.

Conseguiste chegar ao fim dentro do tempo previsto. Significa isso que embora com as dificuldades que enumeraste chegaste ao fim.

Uma subida ao pódium que é mais que merecido pois se outros lá não estão ou foi porque lá não foram ou foi porque ficaram pelo caminho.

Abraços!