quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Meia Maratona de Marinha Grande (20 anos depois)


Com a família do Luís Mota.

20 anos depois voltei à Marinha Grande, então tinha feito a prova na companhia da Conceição Pereira, atleta que representou entre outros o Sporting e o Benfica. Estava ela a dar os primeiros passos em representação do Clube de Atletismo de Vale de Figueira, Clube de quem eu era Director e Treinador na altura. Dicidi fazer a prova com ela e tentar ajudar na disputa directa que ela ia fazer contra a Lucília Soares, que era só na altura uma das melhores atletas portuguesas no que diz respeito a provas de estrada e em pista. Aquilo foi tremendo durante toda a prova, seguimos sempre a cerca de 100 metros da Lucília e nunca conseguimos chegar até ela, acabando por vencer aquela Meia Maratona e nós ali tão perto. Concluímos com 1,16,30h e a Lucília 1,16h.
Passados estes 20 anos fui encontrar aquilo muito diferente, mas para melhor, o percurso deixou de ser monótono e os atletas acabam por passar na meta aos 11kms tornando aquilo mais agradável. O percurso também é totalmente plano (já o era) facilitando a vida a todos os atletas.
Para surpresa minha (ou talvez não) fui encontrar ali alguns amigos que também vão fazer a Maratona de Lisboa no próximo Domingo, o Luís Mota, a Célia Azenha e muitos outros.
Aproveitei o facto de a Célia andar à procura de um grupo que pudesse fazer a prova sem grande esforço tendo em conta que faltam apenas 3 dias para a Maratona e integrei-me desde o início neste grupo que tinha pelo menos 6 atletas e que pretendiam correr a 6m o km.
Ainda tinha bem presente as tremendas dificuldades respiratórias e a falta de força nas pernas que tinha passado na Arrábida há 3 dias e por isso parti com muita prudência tentando não pressionar em demasia os pulmões pois sabia que se voltasse a atingir os limites iria atravessar grandes dificuldades. Os primeiros kms até foram bastante rápidos para aquilo que pretendíamos, mas conforme a corrida se foi desenvolvendo fomos acertando o ritmo, tanto que aos 10kms já tínhamos recuperado 6m e a previsão já era chegar em cima das duas horas.
A 2ª parte da corrida foi feita apenas com a companhia da Célia, já acusava algum desgaste devido ao ritmo imposto no início da prova, mas o seu problema real é outro e de grande peso, esta Senhora que tive o previlégio de acompanhar hoje é Super/Ultramaratonista e já leva contabilizados até hoje, e só em provas efectuadas em 2010, cerca de 1.600 kms palmilhados entre Serras, Grandes Montanhas e muita Estrada, então dicidi ficar com ela até ao fim, por ela e por mim, assim tinha a garantia de me portar com algum juizo durante toda a corrida e até chegar ao final.
Terminei a prova com a marca de 1,57,25h, "a mesma que obtive no treino noturno de S.João das Lampas no passado dia 19 de Novembro". A distância no meu Garmin marcou 21,440kms.
O convívio final manteve-se inalterável, lá estava o almoço à nossa espera no final da prova, gratuito para todos os atletas e na base de 5€ de valor da inscrição, como é possível? perguntem à organização, pode ser que ainda consígamos baixar alguns valores na nossa praça e que ameaçam seriamente a sua viabilidade em consequência do abandono de muitos por dificuldades em acompanhar por motivos económicas. A Sopa da Pedra estava excelente e saí de lá com a convicção de voltar para o Ano, tanto mais que ainda fomos obsequiados com uma bonita t,shirt azul e outras ofertas que não deixou ninguém indiferente.
Daqui a 3 dias vai ser a dobrar mas a motivação é muito boa, o percurso da Maratona melhorou um pouco e espero acabar sem grande sofrimento, vamos a ver se consigo.

Praça Stefhens e Edifício da Cãmara Municipal
Classificações

4 comentários:

luis mota disse...

Olá Amigo Pára
Foi muito bom estar na sua companhia.
Esta foi uma prova que mostrou que está em grande forma e bem preparado para a Maratona.
Vou ver se consigo ir no sábado, pois gostaria de viver os dois dias da Maratona.
Sábado ou domingo lá nos encontraremos.

José Xavier disse...

Caro Joaquim Adelino;

Este homem não Pára mesmo !!
A 3 dias de uma Maratona, ainda faz uma Meia, isso é fantástico.

Parabéns, e desejamos que em Lisboa tudo corra pelo melhor.

Um abraço amigo
dos Xavier's

Vitor Veloso disse...

Grande Joaquim,
Há vinte anos atrás 1h16 há Meia, grande atleta, que nos dias de hoje ainda o é, parabéns.
Enorme prazer estar na sua companhia e partilhar o prazer de correr e conviver.
No domingo como sempre espero estar na sua companhia.
Grande forte abraço ao pára que não pára.
Vítor Veloso

Luis Parro disse...

Vai lá vai...1H16!!!!
Grande Adelino lá estaremos no Domingo para montar o grupo das
4H!!! Ou será 3H60??!!!!
Abraço
Luis Parro