domingo, 13 de setembro de 2009

Meia Maratona de S.João das Lampas

É sempre uma satisfação enorme voltar todos (ou quase todos os anos, perdi-lhe o conto) a S.João das Lampas e correr a sua Meia Maratona. Desde as primeiras edições, com a distância de 20kms, e também logo a partir da 1ª edição com o traçado actual, têm sido ano após ano romaria quase obrigatória. Em todas as edições quase nem se dá por ela, chegamos e partimos, prontos e motivados a voltar no ano seguinte. A perfeição não existe nem pode ser exigida a ninguém, mas este encanto de tudo sabermos o que fazer à chegada e também o que fazer antes e depois da partida só é possível quando na sua preparação e realização estão homens, e também mulheres, muito profissionais (no sentido desportivo de fazer as coisas com saber e respeito por quem os visita).
É uma prova magnífica em luta permanente com um calendário sempre desfarorável, ainda assim mantendo uma forte presença de atletas, na sua maioria fiéis participantes, mas a merecer maior adesão dadas as excelentes condições oferecidas pela organização da prova.
A edição deste ano esteve mais uma vez excelente, em tudo, uma ligeira alteração no traçado veio melhorar a qualidade do piso em Odrinhas, os abastecimentos como sempre estavam muito bem situados e a condizer com o final de cada légua e o controlo de tempos a ser feito em sistema electrónico.



Eu, o António e o Vitor perto dos 13kms (fóto de Isabel)

O tempo que se fez sentir (céu quase sempre encoberto) esteve excelente e ajudou imenso o esforço de todos os atletas e aquela brisa de frente no final veio mesmo a calhar (se calhar até nem estava nenhuma brisa, eu é que andei mais depressa, estranhamente estava bem).
Fiz a prova desde o início com o António Almeida e o seu cunhado, o Vitor. O Vitor era estreante nesta distância da Meia Maratona (e logo nesta) e portou-se lindamente e com a particularidade de em muitos momentos ir a perguntar se nos sentíamos bem..!
A minha chegada à meta (fóto de Isabel)
Não resisti mais uma vez à passagem junto dos tanques de lavagem de roupa ao km 12, de tomar mais um banho servindo-me para o efeito do meu boné, não estava sol mas o clima estava abafado e a temperatura do corpo já era elevada, e que bem me soube. Desta vez não aproveitei muito bem os chuveiros postos à nossa disposição espalhados durante todo o percurso devido à companhia que levava, pois sabia, se o fizesse, que ia prejudicar o ritmo sempre certinho que conseguimos empreender desde o início.
C. Alves, Vitor, J.Adelino, F. Andrade, A. Almeida e Luís Mota

O António por volta dos 16 kms abalou, já estava previsto, e eu fiquei com o Vitor até aos 19 kms, altura em que me deu um vaipe e fui atrás do António, por obra do acaso ele pensou o mesmo e eu não consegui este intento, o Vitor chegou logo a seguir.
A marca conseguida, não sendo um objectivo, até nem foi muito ruim, 1,53,36h, menos 17m que o ano passado.
A minha outra paixão também lá esteve
Com esta prova dei início à preparação da Maratona do Porto que irei fazer em Novembro .
Muitos amigos da blogosfera estiveram presentes, conheci o José Alberto ou melhor, ele conheceu-me e meteu-se comigo (efeitos de eu meter muita fóto e ele não), o Carlos Alves, Luís Mota, excelente 5º lugar vet.1, António Almeida, José Magro, parabéns pelo 5º lugar no seu escalão, Fernando Andrade, com tarefas de direcção da prova, e muitos outros que agora não me lembro.
Provas, agora só em 5 de Outubro em Sesimbra e é capaz de incluir uma sessão de pesca à linha.
No próximo fim de Semana as provas serão outras, no Sábado com a Susana e restante família e no Domingo com a 2ª família, a dos Pára-quedistas em Almeirim.

11 comentários:

Susana disse...

Oláaa!!!
Fizeste uma boa prova tendo em conta a «maratona de provas» que tens feito. E pelo que vejo foste muito bem acompanhado e divertiste-te!
Beijinhos grandes

Nuno disse...

Ola Joaquim
Boa prestação na meia de São João das "rampas".
Prova que já participei duas vezes, mas não guardo boas recordações.
Um abraço
Bons treinos
Nuno

Carlos Lopes disse...

Olá Joaquim

Prova muito complicada, fui novato nesta, e os primeiros 13 kms , é de uma dureza muito grande. Parabéns pela sua prova.

Vitor Veloso disse...

Olá amigo Adelino, que para mim era a minha estreia em meias maratonas ate que me correu bem, foi um enorme prazer correr a seu lado o mesmo com o António. Diverti-me e adorei imenso. Que venha a próxima para o ano.
Um abraço ate breve.
Vítor Veloso
vrveloso@clix.pt

António Almeida disse...

Companheiro Joaquim
obrigado pela companhia durante grande parte dos quilómetros.
Bom caminho até à Invicta.
Abraço.

José Xavier disse...

Olá Joaquim Adelino;

Pelo que vejo, foi um dia em cheio lá em S. João das Lampas, na Meia Maratona.
Parabéns, e continuacão de boas provas.

Um abraco amigo dos Xavier's

luis mota disse...

Grande Adelino!
Foi com grande alegria que estive consigo e com amigos em SJL. Tem na realidade efectuado um grande volume de provas com êxito. Continuação de boa preparação para o Porto.
Grande abraço,
Luís mota

José Alberto disse...

Amigo Adelino:

Foi para mim um grande prazer conhecê-lo pessoalmente.

Iremos, concerteza, encontrar-nos mais vezes por "essas estradas fora".

Entretanto, vamo-nos conhecendo por aqui.

Abraço

José Alberto

Anónimo disse...

Olá
Foi um prazer voltar a vê-los.
Gostei do bogger.
Continue... e boas provas.
Até

Mário Lima disse...

Joaquim

Mais uma prova mais uma etapa e já estás preparando para uma Maratona desta vez no Porto.

Só fiz uma vez esta prova (em 1994) e nunca mais lá voltei. É uma prova demasiada dura para início de novo ano desportivo. Mas com a pedalada com que o amigo Joaquim tem desde há alguns meses para cá não há S. João das Rampas que resista.

:)

E foi tudo a contento, até com a descida dos teus amigos Páras, assim até dá alma até Almeida.

Parabéns e boa sopa da pedra Domingo em Almeirim com a família pára-quedista e vai aquecendo a voz para cantares a música dos Boina Verdes que também era a nossa nos Comandos.

Abraço!

Jorge disse...

Realmente é gratificante, retornar a uma corrida que marcou história na nossa vida, pois na minha é a MEIA MARATONA INTERNACIONAL DO RIO DE JANEIRO aonde tudo começou a 8 anos atrás...Parabéns amigo Joaquim pela bela corrida que fizeste, continue assim firme e forte.

Um abraço,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.blogspot.com